pet

Saiba os cuidados para garantir a saúde e o bem-estar do seu cachorro no verão

cachorro no verão
cachorro no verão

Entenda os cuidados necessários para garantir a saúde e o bem-estar do seu cachorro no verão.

O verão chegou! E com ela as altas temperaturas, as chuvas e os mosquitos. Para curtir a estação com seu pet sem dores de cabeça, separamos algumas dicas de cuidados com cães no verão.

Você sabia que os cães não suam como nós? Eles regulam a temperatura do corpo inspirando ar frio e exalando ar quente quando estão ofegantes, trocando calor pela pele quando descansam a barriga no chão frio e bebendo água. Por isso, mantê-los hidratados é essencial.

Dicas para cuidar de cães no verão

Hidratação primeiro

Lembre-se de oferecer água fresca com frequência durante os passeios e de deixar vários potes disponíveis pela casa. Escolha potes de alumínio ou cerâmica e coloque gelo na água para mantê-la fresca por mais tempo.

Outras maneiras de ajudar seu cão a se refrescar são tomar banho e usar um ventilador e ar-condicionado.

Mude os horários dos passeios

Prefira passear com seu cachorro no início da manhã e tarde da noite. Entre 10h e 17h a chance de hipertermia, ou seja, a temperatura corporal do seu cão subir acima do normal, é maior. Se isso ocorrer, dê-lhe um banho frio ou leve-o para a sombra e ofereça-lhe água fresca até que ele se recupere.

A caminhada será muito mais prazerosa se você puder aproveitar as sombras do caminho, por isso dê preferência a locais arborizados e gramados.

Sem contar que as almofadas (almofadas das patas) do seu cão podem queimar em contato com asfalto ou terra quente. Na dúvida, sempre coloque a mão no chão antes do passeio para testar a temperatura. Se está quente para você, está quente para ele.

Se seu animal de estimação for branco ou de cor clara, não deve pegar muito sol. Invista em protetor solar para evitar queimaduras solares e prevenir o câncer de pele em cães e gatos em áreas sensíveis do corpo, como orelhas e focinho.

Fechado no carro, nem pensar!

Infelizmente, histórias trágicas acontecem todos os dias, mas podem ser evitadas.

Nunca deixe seu cão no carro. Nem com a janela aberta e nem por 5 minutos. Para se ter uma ideia, em apenas 20 minutos, a temperatura em um carro pode subir de 22 a 42 graus. Se não puder levar o seu cachorro consigo, deixe-o em casa ou numa creche.

Prevenção de infestações e doenças sazonais

Entre os cuidados com os cães no verão, claro, não poderia faltar a desparasitação e os tratamentos antipulgas e carrapatos, sem contar a importância de manter as vacinas em dia e ficar atento às doenças típicas da estação.

Com as chuvas e alagamentos, aumenta o risco de transmissão da leptospirose, doença causada por uma bactéria presente na urina de ratos, que na maioria das vezes é fatal. A dirofilariose (também conhecida como dirofilariose) e a leishmaniose são transmitidas por mosquitos e, por isso, preocupam no verão, principalmente para quem viaja para o litoral.

Existem coleiras, medicamentos e vacinas para prevenir essas doenças. Converse com o veterinário do seu cachorro sobre o protocolo e as injeções de reforço.

Tenha cuidado ao viajar com o cachorro no verão

Para uma viagem tranquila, recomendamos o transporte de cães em caixas de transporte, a menos que haja alguém além do motorista no carro para acompanhá-los.

Alguns cães experimentam enjôo de viagem. Se este for o caso do seu cão, converse com o seu veterinário para que ele possa recomendar a medicação adequada. Existem ótimas opções no mercado.

Não se esqueça de oferecer água fresca regularmente e manter a temperatura do carro amena, de preferência com o ar condicionado ligado.

Coloque a cabeça para fora do carro, certo? Convenhamos, todo mundo sorri quando vê um cachorrinho com cara de satisfeito levando o vento na cara, mas é muito perigoso. Além do risco de o cachorro cair ou pular da janela, algum inseto ou objeto pode entrar em seus olhos e até levá-lo à cegueira. Então a resposta é não!

Se for viajar de avião, verifique com antecedência a preparação e a documentação exigida pela companhia aérea ou país de destino. Forneça uma caixa de transporte confortável e garanta o bem-estar do seu melhor amigo.

Quando chegar ao seu destino, mantenha sempre o seu cão com trela e trela para evitar que fuja ou se perca. Os cuidados devem ser redobrados nos períodos de férias, devido aos fogos de artifício prejudiciais ao pet.

Muitos cães se assustam e passam mal durante as comemorações. Esteja com ele o tempo todo, de preferência em um local fechado e tranquilo, para acalmá-lo. Agora que você já sabe como cuidar do seu cachorro no verão, pode curtir a estação com tranquilidade. Na dúvida, consulte sempre um veterinário.

Foto Pets – Cachorro no verão
Referencia: petz.com.br

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *